#chegadecorrupção

Coronavírus: Senado adotará modelo 'drive-thru' em votações secretas

O Senado pretende retomar as sessões presenciais na segunda quinzena de agosto e, para evitar a contaminação dos parlamentares pelo novo coronavírus, os senadores poderão votar de dentro do carro, por meio de um sistema instalado em uma das entradas do Congresso.

O Senado pretende retomar as sessões presenciais na segunda quinzena de agosto e, para evitar a contaminação dos parlamentares pelo novo coronavírus, os senadores poderão votar de dentro do carro, por meio de um sistema instalado em uma das entradas do Congresso.

O voto no modelo “drive-thru” faz parte de um conjunto de medidas que a Secretaria-Geral do Senado implementou para possibilitar as votações de caráter secreto.

O voto no modelo “drive-thru” faz parte de um conjunto de medidas que a Secretaria-Geral do Senado implementou para possibilitar as votações de caráter secreto.

Entre essas votações, estão indicações do governo para embaixadas do Brasil no exterior; conselhos da Justiça e do Ministério Público; cargos de direção no Banco Central; e em agências reguladoras.

Entre essas votações, estão indicações do governo para embaixadas do Brasil no exterior; conselhos da Justiça e do Ministério Público; cargos de direção no Banco Central; e em agências reguladoras.

Por questões de sigilo e segurança, esse tipo de votação não pode ser realizada pelo sistema de videoconferência, adotado pelo Senado durante a pandemia. Por isso, os senadores deverão se dirigir à Casa.

Por questões de sigilo e segurança, esse tipo de votação não pode ser realizada pelo sistema de videoconferência, adotado pelo Senado durante a pandemia. Por isso, os senadores deverão se dirigir à Casa.

Pelo menos 13 votações de autoridades estão na fila e aguardam análise dos parlamentares, segundo o secretário-geral do Senado, Luiz Fernando Bandeira. Cinco já passaram por sabatinas nas comissões.

Pelo menos 13 votações de autoridades estão na fila e…

Continue lendo na fonte

Comentários