#chegadecorrupção

Governo retira exigência de itens de identificação sigilosa das armas de agentes da Força Nacional

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, revogou trechos de uma portaria do ministério que exigia que os armamentos de porte dos agentes da Força Nacional tivessem elementos de identificação sigilosa.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, revogou trechos de uma portaria do ministério que exigia que os armamentos de porte dos agentes da Força Nacional tivessem elementos de identificação sigilosa.

A portaria estabelece os critérios para a compra de pistolas semiautomáticas de calibres 9×19 mm e 40 S&W para a força de segurança.

A portaria estabelece os critérios para a compra de pistolas semiautomáticas de calibres 9×19 mm e 40 S&W para a força de segurança.

Os elementos de segurança permitem rastrear a origem das armas quando os itens de identificação comuns — como o número de série cunhado na arma, por exemplo — forem violados para impedir a identificação do armamento.

Os elementos de segurança permitem rastrear a origem das armas quando os itens de identificação comuns — como o número de série cunhado na arma, por exemplo — forem violados para impedir a identificação do armamento.

O ministro retirou a obrigatoriedade de as armas da Força Nacional terem dois itens dessa categoria — um chip que possibilita a identificação por rádio-frequência de códigos indeléveis, identificados por meio de um scanner; e códigos criptografados alfanuméricos, impressos em locais distintos da arma.

O ministro retirou a obrigatoriedade de as armas da Força Nacional terem dois itens dessa categoria — um chip que possibilita a identificação por rádio-frequência de códigos indeléveis, identificados por meio de um scanner; e códigos criptografados alfanuméricos, impressos em locais distintos da arma.

A exigência dos itens de identificação sigilosa nas armas estava prevista em uma portaria do ministro André Mendonça publicada em 13 de julho deste no…

Continue lendo na fonte

Comentários