#chegadecorrupção

Fachin decidirá sobre pedido de suspensão do depoimento de Weintraub

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidirá sobre o pedido de suspensão do depoimento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, apresentado nesta quarta-feira (27) pelo ministro da Justiça, André Mendonça.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidirá sobre o pedido de suspensão do depoimento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, apresentado nesta quarta-feira (27) pelo ministro da Justiça, André Mendonça.

O ministro da Justiça apresentou um pedido de habeas corpus preventivo em favor de Abraham Weintraub e de ” todos aqueles que tenham sido objeto de diligências e constrições” no inquérito do STF sobre a disseminação de notícias falsas e as ameaças ao tribunal.

O ministro da Justiça apresentou um pedido de habeas corpus preventivo em favor de Abraham Weintraub e de ” todos aqueles que tenham sido objeto de diligências e constrições” no inquérito do STF sobre a disseminação de notícias falsas e as ameaças ao tribunal.

O caso ficará a cargo de Fachin porque o ministro já é o relator de outras ações relacionadas ao inquérito.

O caso ficará a cargo de Fachin porque o ministro já é o relator de outras ações relacionadas ao inquérito.

A petição feita pelo ministro da Justiça é genérica. Diz que nesta quarta-feira (27) foram cumpridos mandados judiciais, no âmbito do inquérito, contra “parlamentares, youtubers, empresários e apoiadores do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro”.

A petição feita pelo ministro da Justiça é genérica. Diz que nesta quarta-feira (27) foram cumpridos mandados judiciais, no âmbito do inquérito, contra “parlamentares, youtubers, empresários e apoiadores do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro”.

Porém, o pedido não detalha os nomes de quem também deve ser beneficiado pelo habeas corpus.

Porém, o pedido não detalha os nomes de quem também deve ser beneficiado pelo habeas corpus.

No…

Continue lendo na fonte

Comentários