#chegadecorrupção

OAB cobra explicações sobre afirmação de Bolsonaro de que tem sistema próprio de informações

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, cobrou explicações sobre as afirmações feitas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, de que tem um sistema próprio de informações.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, cobrou explicações sobre as afirmações feitas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, de que tem um sistema próprio de informações.

“O presidente deve sérias explicações à nação sobre esse sistema paralelo de informações que diz possuir, que aparentemente tem sido usado para vazar investigações em curso sobre sua família e amigos. o uso da função pública para interesses particulares fere os princípios da impessoalidade e da moralidade”, afirmou Santa Cruz.

“O presidente deve sérias explicações à nação sobre esse sistema paralelo de informações que diz possuir, que aparentemente tem sido usado para vazar investigações em curso sobre sua família e amigos. o uso da função pública para interesses particulares fere os princípios da impessoalidade e da moralidade”, afirmou Santa Cruz.

As afirmações questionadas pela OAB foram feitas na reunão ministerial de 22 de abril. A gravação da reunião foi divulgada nesta sexta-feira (22) e faz parte do inquérito que apura supostas tentativas de Bolsonaro de interferir na Polícia Federal.

As afirmações questionadas pela OAB foram feitas na reunão ministerial de 22 de abril. A gravação da reunião foi divulgada nesta sexta-feira (22) e faz parte do inquérito que apura supostas tentativas de Bolsonaro de interferir na Polícia Federal.

Na reunião, o presidente não explicou ao que se referia quando falou sobre um sistema particular de inteliência. Bolsonaro disse que não iria esperar seus familiares e amigos serem prejudicados e que, antes disso, trocaria alguém da segurança “na ponta da linha”, ou, se não conseguisse, trocaria o chefe ou o ministro.

Na reunião, o…

Continue lendo na fonte

Comentários