#chegadecorrupção

Câmara aprova MP que cria funções de confiança na PF e extingue cargos em comissão

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (21) uma medida provisória (MP) que cria funções de confiança na Polícia Federal e extingue cargos em comissão. Com a aprovação, o texto segue para o Senado.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (21) uma medida provisória (MP) que cria funções de confiança na Polícia Federal e extingue cargos em comissão. Com a aprovação, o texto segue para o Senado.

A MP foi editada pelo governo em janeiro deste ano e vale até 1º de junho. Por se tratar de medida provisória, precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional neste prazo para se tornar lei em definitivo.

A MP foi editada pelo governo em janeiro deste ano e vale até 1º de junho. Por se tratar de medida provisória, precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional neste prazo para se tornar lei em definitivo.

A medida provisória foi incluída na pauta somente na noite desta quinta-feira. Na condição de anonimato, líderes partidários disseram que havia um entendimento, entre Congresso e governo, de aprovar a MP antes da sanção do projeto de ajuda aos estados.

A medida provisória foi incluída na pauta somente na noite desta quinta-feira. Na condição de anonimato, líderes partidários disseram que havia um entendimento, entre Congresso e governo, de aprovar a MP antes da sanção do projeto de ajuda aos estados.

Isso porque, segundo esses líderes, se o projeto fosse sancionado antes, poderia impedir a criação das funções de confiança na PF. O presidente Jair Bolsonaro já afirmou que irá vetar o trecho do projeto que abre brecha para reajuste salarial de servidores públicos.

Isso porque, segundo esses líderes, se o projeto fosse sancionado antes, poderia impedir a criação das funções de confiança na PF. O presidente Jair Bolsonaro já afirmou que irá vetar o trecho do projeto que abre brecha para reajuste salarial de servidores públicos.

Gastos

O texto transforma 281 cargos em comissão, em…

Continue lendo na fonte

Comentários