#chegadecorrupção

Embaixador da Bolívia no Brasil diz que renunciará ao cargo

O embaixador da Bolívia no Brasil, Josekinn Franco, afirmou nesta terça-feira (12) que renunciará ao cargo.

O embaixador da Bolívia no Brasil, Josekinn Franco, afirmou nesta terça-feira (12) que renunciará ao cargo.

Franco deu a informação na Câmara dos Deputados, em Brasília, onde se reuniu com alguns parlamentares.

Franco deu a informação na Câmara dos Deputados, em Brasília, onde se reuniu com alguns parlamentares.

No último fim de semana, Evo Morales renunciou à Presidência da Bolívia e alegou haver um “golpe cívico” em curso no país. Evo seguiu para o México, onde recebeu asilo político.

No último fim de semana, Evo Morales renunciou à Presidência da Bolívia e alegou haver um “golpe cívico” em curso no país. Evo seguiu para o México, onde recebeu asilo político.

“Temos algumas tarefas a cumprir, por isso eu ainda não renunciei, mas eu vou renunciar em algum momento também”, declarou Franco nesta terça.

“Temos algumas tarefas a cumprir, por isso eu ainda não renunciei, mas eu vou renunciar em algum momento também”, declarou Franco nesta terça.

A Bolívia vive uma crise política desde que Evo Morales foi reeleito para o quarto mandato como presidente. Várias manifestações têm ocorrido no país, contra e a favor de Evo, desde então.

A Bolívia vive uma crise política desde que Evo Morales foi reeleito para o quarto mandato como presidente. Várias manifestações têm ocorrido no país, contra e a favor de Evo, desde então.

Nesta segunda (11), as Forças Armadas passaram a enviar militares às ruas da Bolívia para conter manifestações, argumentando ser preciso atuar “contra grupos de vândalos”.

Nesta segunda (11), as Forças Armadas passaram a enviar militares às ruas da Bolívia para conter manifestações, argumentando ser preciso atuar “contra grupos de vândalos”.

Para o embaixador boliviano no Brasil, a “extrema direita” do país articulou um “golpe de Estado”. “É uma direita…

Continue lendo na fonte

Comentários