#chegadecorrupção

Ações da luta armada na ditadura citadas por Eduardo Bolsonaro em entrevista ocorreram após o AI-5

A maioria dos atos de resistência armada à ditadura militar citados pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao defender a reedição do AI-5 aconteceram depois da medida, e não antes, como o parlamentar sugere em entrevista à jornalista Leda Nagle.

A maioria dos atos de resistência armada à ditadura militar citados pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao defender a reedição do AI-5 aconteceram depois da medida, e não antes, como o parlamentar sugere em entrevista à jornalista Leda Nagle.

Ao cogitar um “novo AI-5”, Eduardo mencionou ações como sequestros de aviões e de autoridades, cônsules, embaixadores, além de execuções de policiais e de militares – após a repercussão da declaração, ele disse que “talvez tenha sido infeliz

Ao cogitar um “novo AI-5”, Eduardo mencionou ações como sequestros de aviões e de autoridades, cônsules, embaixadores, além de execuções de policiais e de militares – após a repercussão da declaração, ele disse que “talvez tenha sido infeliz

“Vai chegar um momento em que a situação vai ser igual a do final dos anos 60 no Brasil, quando sequestravam aeronaves, quando executavam-se e sequestravam-se grandes autoridades, cônsules, embaixadores, execução de policiais, de militares”, disse o filho do presidente Jair Bolsonaro.

“Vai chegar um momento em que a situação vai ser igual a do final dos anos 60 no Brasil, quando sequestravam aeronaves, quando executavam-se e sequestravam-se grandes autoridades, cônsules, embaixadores, execução de policiais, de militares”, disse o filho do presidente Jair Bolsonaro.

“Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E a resposta, ela pode ser via um novo AI-5, via uma legislação aprovada através de um plebiscito, como aconteceu na Itália. Alguma resposta vai ter que ser dada”, disse.

“Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E a resposta, ela…

Continue lendo na fonte

Comentários