#chegadecorrupção

Copom reduz taxa básica de juros de 5,5% para 5% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (30) reduzir de 5,5% para 5% ao ano a taxa básica de juros da economia, a Selic.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (30) reduzir de 5,5% para 5% ao ano a taxa básica de juros da economia, a Selic.

A redução da taxa já era esperada por analistas do mercado financeiro.

A redução da taxa já era esperada por analistas do mercado financeiro.

Com a decisão, a Selic chegou ao menor percentual desde 1999, quando começou o regime de metas para a inflação. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho deste ano.

Com a decisão, a Selic chegou ao menor percentual desde 1999, quando começou o regime de metas para a inflação. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho deste ano.

De acordo com o boletim Focus, divulgado semanalmente pelo Banco Central, a expectativa dos economistas é que haverá mais um corte na Selic ainda neste ano, na próxima reunião do Copom.

De acordo com o boletim Focus, divulgado semanalmente pelo Banco Central, a expectativa dos economistas é que haverá mais um corte na Selic ainda neste ano, na próxima reunião do Copom.

A reunião está marcada para 11 de dezembro, e a previsão dos analistas é que a taxa ficará em 4,5% ao ano.

A reunião está marcada para 11 de dezembro, e a previsão dos analistas é que a taxa ficará em 4,5% ao ano.

Selic e inflação

O Copom se reúne a cada 45 dias para definir a Selic, buscando o cumprimento da meta de inflação. A meta é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

O Copom se reúne a cada 45 dias para definir a Selic, buscando o cumprimento da meta de inflação. A meta é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

A meta central de inflação para 2019 é de 4,25% e, como o sistema prevê margem de tolerância, será considerada formalmente cumprida se ficar entre 2,75% e 5,75%. Para 2020,…

Continue lendo na fonte

Comentários