#chegadecorrupção

Resistência política leva aliados de Bolsonaro a querer vender Correios antes da Eletrobras

Diante de resistências políticas à privatização da Eletrobras, aliados do governo do presidente Jair Bolsonaro sugeriram à equipe econômica vender antes os Correios.

Diante de resistências políticas à privatização da Eletrobras, aliados do governo do presidente Jair Bolsonaro sugeriram à equipe econômica vender antes os Correios.

Segundo líderes de partidos alinhados ao Palácio do Planalto, o Legislativo teria mais facilidade hoje de aprovar o projeto de lei para venda da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Segundo líderes de partidos alinhados ao Palácio do Planalto, o Legislativo teria mais facilidade hoje de aprovar o projeto de lei para venda da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Já o texto da privatização da estatal do setor elétrico enfrentaria fortes obstáculos no Congresso.

Já o texto da privatização da estatal do setor elétrico enfrentaria fortes obstáculos no Congresso.

Nesta quarta-feira (21), o governo deve anunciar a lista de 17 estatais que serão privatizadas. A informação é que os Correios encabeçarão a relação e a Eletrobras também estará na lista.

Nesta quarta-feira (21), o governo deve anunciar a lista de 17 estatais que serão privatizadas. A informação é que os Correios encabeçarão a relação e a Eletrobras também estará na lista.

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda tenta convencer os aliados a aprovar a venda de ações da Eletrobras, que pode gerar R$ 12 bilhões ao caixa do Tesouro Nacional e teria condições de ser efetivada mais rapidamente.

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda tenta convencer os aliados a aprovar a venda de ações da Eletrobras, que pode gerar R$ 12 bilhões ao caixa do Tesouro Nacional e teria condições de ser efetivada mais rapidamente.

Já a venda dos Correios, que parece ser mais consensual dentro do Congresso, teria um caminho mais longo a percorrer. Precisaria ser aprovada ainda a…

Continue lendo na fonte

Comentários