#chegadecorrupção

Presidência reforça segurança na portaria do Alvorada após Bolsonaro criar nova rotina

Pouco antes das 9h da última terça-feira (30), um grupo com cerca de 10 simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro se misturava a jornalistas que cobrem a rotina do Executivo federal em uma fila diante da guarita principal do Palácio da Alvorada.

Pouco antes das 9h da última terça-feira (30), um grupo com cerca de 10 simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro se misturava a jornalistas que cobrem a rotina do Executivo federal em uma fila diante da guarita principal do Palácio da Alvorada.

A aglomeração era para conseguir passar pelo detector de metais instalado na entrada externa da residência oficial da Presidência da República.

A aglomeração era para conseguir passar pelo detector de metais instalado na entrada externa da residência oficial da Presidência da República.

O procedimento de segurança é uma das novidades na rotina diária imposta a visitantes e profissionais da imprensa para que eles se aproximem do palácio.

O procedimento de segurança é uma das novidades na rotina diária imposta a visitantes e profissionais da imprensa para que eles se aproximem do palácio.

A passagem pelo pórtico do detector de metais passou a ser regra nas últimas semanas para quem quer tentar conversar, filmar, fotografar ou entrevistar o presidente da República em uma das corriqueiras paradas de Bolsonaro quando entra ou sai do Alvorada.

A passagem pelo pórtico do detector de metais passou a ser regra nas últimas semanas para quem quer tentar conversar, filmar, fotografar ou entrevistar o presidente da República em uma das corriqueiras paradas de Bolsonaro quando entra ou sai do Alvorada.

Em meio às paradas na guarita, de manhã e à noite, o presidente gerou algumas das principais polêmicas do governo no mês passado.

Em meio às paradas na guarita, de manhã e à noite, o presidente gerou algumas das principais polêmicas do governo no mês passado.

Foi lá, sob a sombra da mangueira enraizada na entrada da residência…

Continue lendo na fonte

Comentários