#chegadecorrupção

O Brasil começou em uma Páscoa

A presença da religiosidade cristã é incontornável no Brasil. O Censo 2010 do IBGE verificou que os cristãos ultrapassam 87% da população brasileira. Essa força se reflete em toda a cultura brasileira. A estátua do Cristo Redentor é o cartão postal carioca. Os azulejos de Portinari ornam a belíssima Igreja da Pampulha em Belo Horizonte, desenhada por Oscar Niemeyer. A cidade de São Paulo, maior centro financeiro do hemisfério Sul carrega o nome do “apóstolo cristão aos gentios”. Mas a lista de nomenclaturas cristãs em cidades brasileiras é muito extensa e inclui “Belém” no Pará e “Salvador” na Bahia. Na poesia de Cecília Meireles são inúmeras as referências cristãs. Na comemoração do ouro olímpico inédito para nosso time de futebol, o principal jogador na partida Neymar Jr. usou uma faixa com a expressão “100% Jesus”. Não é necessário fazer esforço, basta olhar em qualquer direção no tempo-espaço brasileiro do século 16 ao início do 21: dos maiores monumentos às mais brandas alusões, haverá um ícone que remete à fé cristã. Como canta a “Aquarela do Brasil”: “O Brasil, samba que dá/ Bamboleio que faz gingar/ O Brasil do meu amor/ Terra de Nosso Senhor”.

A presença da religiosidade cristã é incontornável no Brasil. O Censo 2010 do IBGE verificou que os cristãos ultrapassam 87% da população brasileira. Essa força se reflete em toda a cultura brasileira. A estátua do Cristo Redentor é o cartão postal carioca. Os azulejos de Portinari ornam a belíssima Igreja da Pampulha em Belo Horizonte, desenhada por Oscar Niemeyer. A cidade de São Paulo, maior centro financeiro do hemisfério Sul carrega o nome do “apóstolo cristão aos gentios”. Mas a lista de nomenclaturas cristãs em cidades brasileiras é muito extensa e inclui “Belém” no Pará e “Salvador” na Bahia. Na poesia de Cecília Meireles são inúmeras as referências cristãs. Na comemoração do ouro olímpico…

Continue lendo na fonte

Comentários