#chegadecorrupção

Em vídeo no hospital, Bolsonaro agradece a médicos e diz que SUS 'pode melhorar muito'

O presidente Jair Bolsonaro divulgou vídeo neste domingo (10) em que agradece a profissionais de saúde que o atenderam, em Juiz de Fora (MG) e em São Paulo, e afirma que o governo trabalhará para aprimorar o Sistema Único de Saúde (SUS), que “pode melhorar e muito”.

O presidente Jair Bolsonaro divulgou vídeo neste domingo (10) em que agradece a profissionais de saúde que o atenderam, em Juiz de Fora (MG) e em São Paulo, e afirma que o governo trabalhará para aprimorar o Sistema Único de Saúde (SUS), que “pode melhorar e muito”.

O vídeo foi gravado no Hospital Albert Einstein em São Paulo, onde Bolsonaro está internado há 15 dias. Ele se recupera de uma cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia.

O vídeo foi gravado no Hospital Albert Einstein em São Paulo, onde Bolsonaro está internado há 15 dias. Ele se recupera de uma cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia.

Boletim médico divulgado neste domingo diz que o presidente mantém boa evolução clínica, não tem febre e o quadro pulmonar apresenta melhora significativa. Os médicos diagnosticaram pneumonia bacteriana na última quinta-feira (7).

Boletim médico divulgado neste domingo diz que o presidente mantém boa evolução clínica, não tem febre e o quadro pulmonar apresenta melhora significativa. Os médicos diagnosticaram pneumonia bacteriana na última quinta-feira (7).

“Sabemos que pouca gente pode ter um tratamento como esse [o do Hospital Albert Einstein], mas também temos plena consciência que o nosso SUS pode melhorar e muito. Tudo faremos para que isso se torne uma realidade”, afirmou Bolsonaro no vídeo.

“Sabemos que pouca gente pode ter um tratamento como esse [o do Hospital Albert Einstein], mas também temos plena consciência que o nosso SUS pode melhorar e muito. Tudo faremos para que isso se torne uma realidade”, afirmou Bolsonaro no vídeo.

“Meu muito obrigado, então, a esses profissionais e também aos nossos profissionais de…

Continue lendo na fonte

Comentários