#chegadecorrupção

Datafolha: 30% dos brasileiros dizem ter sofrido preconceito por causa da classe social

Pesquisa Datafolha divulgada na terça-feira (15) pelo jornal “Folha de S. Paulo” aponta que 30% dos brasileiros dizem ter sofrido discriminação por causa da classe social. O levantamento também considerou outras razões pelas quais os entrevistados foram vítimas de preconceito: local onde mora, religião, sexo, cor ou raça e orientação sexual.

Pesquisa Datafolha divulgada na terça-feira (15) pelo jornal “Folha de S. Paulo” aponta que 30% dos brasileiros dizem ter sofrido discriminação por causa da classe social. O levantamento também considerou outras razões pelas quais os entrevistados foram vítimas de preconceito: local onde mora, religião, sexo, cor ou raça e orientação sexual.

A pesquisa foi feita com 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades entre 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança do levantamento é de 95%.

A pesquisa foi feita com 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades entre 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança do levantamento é de 95%.

Veja os números:

Veja os números:

Razões pelas quais já sofreu preconceito:

  • Classe social: 30%
  • Local onde mora: 28%
  • Religião: 26%
  • Sexo: 24%
  • Cor ou raça: 22%
  • Orientação sexual: 9%

Segundo o levantamento, o preconceito por classe social é maior no Sudeste (35%), seguido de Centro-oeste e Norte (29%) e Sul (27%), e menor no Nordeste (25%).

Segundo o levantamento, o preconceito por classe social é maior no Sudeste (35%), seguido de Centro-oeste e Norte (29%) e Sul (27%), e menor no Nordeste (25%).

Ainda de acordo com a pesquisa, 22% dos brasileiros disseram já ter sido vítimas de preconceito racial. A discriminação é maior entre os entrevistados que se autodeclararam negros. Veja os números:

Ainda de acordo com a pesquisa, 22% dos brasileiros disseram já ter sido vítimas de preconceito…

Continue lendo na fonte

Comentários