#chegadecorrupção

Reforma da Previdência: 'Em sã consciência', nenhum governador será contra, diz Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou ao blog que a grande maioria dos governadores articula com as respectivas bancadas de deputados federais a aprovação da proposta de reforma da Previdência Social.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou ao blog que a grande maioria dos governadores articula com as respectivas bancadas de deputados federais a aprovação da proposta de reforma da Previdência Social.

Para Doria, é “díficil” algum governador “em sã consciência” ser contra a reforma (veja no vídeo acima).

Para Doria, é “díficil” algum governador “em sã consciência” ser contra a reforma (veja no vídeo acima).

Leia abaixo a transcrição da entrevista:

Leia abaixo a transcrição da entrevista:

Blog: Governador, como foi o encontro com o presidente Bolsonaro em relação à demanda da reforma da Previdência? como está esse apoio dos governadores?

Blog: Governador, como foi o encontro com o presidente Bolsonaro em relação à demanda da reforma da Previdência? como está esse apoio dos governadores?

Doria: Eu deixei claro para o presidente Bolsonaro o nosso apoio incondicional à reforma da Previdência. A reforma da Previdência, sendo feita, muda o Brasil. Ela gera emprego, gera renda, ela gera novos investimentos, ela muda a história econômica do Brasil.

Doria: Eu deixei claro para o presidente Bolsonaro o nosso apoio incondicional à reforma da Previdência. A reforma da Previdência, sendo feita, muda o Brasil. Ela gera emprego, gera renda, ela gera novos investimentos, ela muda a história econômica do Brasil.

E atua no campo social gerando empregos, que é a maior demanda do Brasil hoje. Então, como governador de São Paulo, e tentando agregar outros governadores, e a bancada paulista do PSDB, eu manifestei clara e objetivamente o nosso apoio à reforma da Previdência. E disse isso ao presidente Jair Bolsonaro, que me revelou também que, já no início de fevereiro, portanto,…

Continue lendo na fonte

Comentários