#chegadecorrupção

Réus reafirmam conteúdo de delação em interrogatório do processo do sítio de Atibaia

Dois réus no processo do sítio de Atibaia (SP), que investiga se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu propina por meio da aquisição e de reformas na propriedade, reafirmaram no interrogarório desta segunda-feira (5) o que já haviam dito em delação premiada.

Dois réus no processo do sítio de Atibaia (SP), que investiga se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu propina por meio da aquisição e de reformas na propriedade, reafirmaram no interrogarório desta segunda-feira (5) o que já haviam dito em delação premiada.

Os ex-funcionários da Odebrecht Carlos Armando Paschoal e Emyr Diniz Costa Júnior foram ouvidos pela juíza Gabriela Hardt, substituta da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná, que assumiu, temporariamente, os processos da Operação Lava Jato após o afastamento de Sergio Moro.

Os ex-funcionários da Odebrecht Carlos Armando Paschoal e Emyr Diniz Costa Júnior foram ouvidos pela juíza Gabriela Hardt, substituta da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná, que assumiu, temporariamente, os processos da Operação Lava Jato após o afastamento de Sergio Moro.

O processo do sítio tem 13 réus. A ação apura se a propriedade e as reformas foram feitas como pagamento de propina em troca do favorecimento às construtoras Odebrecht e OAS em contratos com a Petrobras.

O processo do sítio tem 13 réus. A ação apura se a propriedade e as reformas foram feitas como pagamento de propina em troca do favorecimento às construtoras Odebrecht e OAS em contratos com a Petrobras.

De acordo com as investigações, as obras começaram no sítio quando Lula ainda era presidente. A propriedade não está no nome dele, mas era usada pela família do ex-presidente, conforme a força-tarefa da Lava Jato.

De acordo com as investigações, as obras começaram no sítio quando Lula ainda era presidente. A propriedade não está no nome dele, mas era usada pela família do ex-presidente, conforme a força-tarefa da…

Continue lendo na fonte

Comentários