#chegadecorrupção

Futuro ministro da Defesa diz que governo Bolsonaro terá de 'desratizar' máquina pública

O futuro ministro da Defesa, general Augusto Heleno, afirmou que o governo que tomará posse terá de “desratizar” alguns setores da máquina pública. O general avalia que diversas áreas da administração ainda estão aparelhadas por quadros ligados ao PT e que, portanto, demandariam uma “dedetização”.

O futuro ministro da Defesa, general Augusto Heleno, afirmou que o governo que tomará posse terá de “desratizar” alguns setores da máquina pública. O general avalia que diversas áreas da administração ainda estão aparelhadas por quadros ligados ao PT e que, portanto, demandariam uma “dedetização”.

“Em alguns casos, vamos ter que desratizar, chamar a dedetização”, declarou Heleno, ao blog, em tom de ironia. “A máquina pública está muito aparelhada”, completou o general, para quem a gestão “catastrófica do PT influiu muito negativamente” na máquina pública.

“Em alguns casos, vamos ter que desratizar, chamar a dedetização”, declarou Heleno, ao blog, em tom de ironia. “A máquina pública está muito aparelhada”, completou o general, para quem a gestão “catastrófica do PT influiu muito negativamente” na máquina pública.

Heleno disse que alguns dados de que a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) dispõe ainda não são confiáveis e que portanto os futuros integrantes do governo podem ter surpresas ao tomarem pé da situação em suas pastas, a partir da transição. “Podem até ser surpresas positivas”, ponderou.

Heleno disse que alguns dados de que a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) dispõe ainda não são confiáveis e que portanto os futuros integrantes do governo podem ter surpresas ao tomarem pé da situação em suas pastas, a partir da transição. “Podem até ser surpresas positivas”, ponderou.

A transição começou oficialmente nesta segunda-feira com a nomeação de Onyx Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil, como ministro extraordinário. Amanhã Bolsonaro viaja a Brasília e, na…

Continue lendo na fonte

Comentários