#chegadecorrupção

Sintonia Eleitoral: eleitores se dividem quanto ao equilíbrio das contas públicas a qualquer custo

Os brasileiros se dividem quanto ao equilíbrio das contas públicas. 47% discordam que isso deve ser feito a qualquer custo, mesmo que signifique redução de serviços públicos. Por outro lado, 42% concordam com a afirmação.

Os brasileiros se dividem quanto ao equilíbrio das contas públicas. 47% discordam que isso deve ser feito a qualquer custo, mesmo que signifique redução de serviços públicos. Por outro lado, 42% concordam com a afirmação.

É o que revela uma pesquisa realizada a partir das respostas dos leitores do G1 à Sintonia Eleitoral (veja ao final desta reportagem a metodologia da pesquisa). A ferramenta, uma parceria entre a empresa canadense Vox Pop Labs e o G1, permite identificar qual presidenciável é mais alinhado às ideias do eleitor.

É o que revela uma pesquisa realizada a partir das respostas dos leitores do G1 à Sintonia Eleitoral (veja ao final desta reportagem a metodologia da pesquisa). A ferramenta, uma parceria entre a empresa canadense Vox Pop Labs e o G1, permite identificar qual presidenciável é mais alinhado às ideias do eleitor.

Ao responder à Sintonia Eleitoral, o leitor dizia o quanto concordava com 30 afirmações e, a partir dessas respostas, a ferramenta indicava em que ponto do espectro ideológico o leitor estava e como ele se situava em relação aos candidatos. Mais de 1 milhão de pessoas responderam ao questionário.

Ao responder à Sintonia Eleitoral, o leitor dizia o quanto concordava com 30 afirmações e, a partir dessas respostas, a ferramenta indicava em que ponto do espectro ideológico o leitor estava e como ele se situava em relação aos candidatos. Mais de 1 milhão de pessoas responderam ao questionário.

Ao longo desta semana, o G1 publicará os detalhamentos de todas as 30 perguntas.

Ao longo desta semana, o G1 publicará os detalhamentos de todas as 30 perguntas.

Veja os gráficos:

Metodologia

Desenvolvida por uma equipe de cientistas sociais e estatísticos da…

Continue lendo na fonte

Comentários