#chegadecorrupção

'Japonês da Federal' revela que trabalhou para a ditadura militar

Antes de ganhar fama em todo o país como o “Japonês da Federal”, Newton Ishii trabalhou para a ditadura militar, na década de 1970. Ele confessou no programa “Conversa com Bial”, que foi ao ar na TV Globo no início da madrugada desta quinta-feira (16), que foi um espião durante os anos de chumbo.

Antes de ganhar fama em todo o país como o “Japonês da Federal”, Newton Ishii trabalhou para a ditadura militar, na década de 1970. Ele confessou no programa “Conversa com Bial”, que foi ao ar na TV Globo no início da madrugada desta quinta-feira (16), que foi um espião durante os anos de chumbo.

“Trabalhei, na época da ditadura militar, em diretório estudantil como infiltrado entre os estudantes. Frequentava as reuniões e depois passava as informações”, afirmou.

“Trabalhei, na época da ditadura militar, em diretório estudantil como infiltrado entre os estudantes. Frequentava as reuniões e depois passava as informações”, afirmou.

Embora tenha colaborado com a ditadura, Ishii afirmou que prefere o período de democracia. “Tudo tem sua época. Mas democracia é essencial. Sou contra direita e esquerda”, disse.

Embora tenha colaborado com a ditadura, Ishii afirmou que prefere o período de democracia. “Tudo tem sua época. Mas democracia é essencial. Sou contra direita e esquerda”, disse.

Agora aposentado, ele lançou sua biografia e também recordou dramas pessoais durante o programa, como o suicídio do filho, Eduardo, e a morte da mulher, Fátima.

Agora aposentado, ele lançou sua biografia e também recordou dramas pessoais durante o programa, como o suicídio do filho, Eduardo, e a morte da mulher, Fátima.

Newton Ishii se aposentou em fevereiro deste ano, aos 62 anos. Com a deflagração da Operação Lava Jato, em março de 2014, o agente passou a ser conhecido em todo o Brasil. A cada fase da operação, Ishii aparecia ao lado empreiteiros, operadores financeiros, políticos e funcionários públicos…

Continue lendo na fonte

Comentários

Leave a comment