#chegadecorrupção

Quais são os impactos da corrupção para os brasileiros?

Quais são os impactos da corrupção para os brasileiros? - Blog Mude lava jato corrupção combate à corrupção eleições 2018 políticos corruptos

A Operação Lava Jato já devolveu mais de R$740 milhões aos cofres públicos e bloqueou R$2,4 bilhões em bens de políticos corruptos, segundo relatório da Polícia Federal. Ainda assim, os reflexos do grande efeito dominó causado pela corrupção permanecem nítidos no cotidiano dos brasileiros. 

Já comentamos aqui no blog que a participação popular exerce um papel essencial na construção e na execução de ações públicas que garantam melhorias para o povo brasileiro. Também já apresentamos diversos escândalos de corrupção que aconteceram na história do nosso país. Hoje, vamos mostrar quais são os impactos da corrupção e as consequências dela para o povo. Confira a seguir!

1- Alto custo em produtos e serviços

O superfaturamento é um dos caminhos de que mais ouvimos falar para desviar o dinheiro público. Trata-se de uma estratégia que busca incorporar o valor destinado ao pagamento de propina ao valor da mercadoria. Ou seja, um político abre licitação para contratar uma empresa para realizar determinado serviço. A partir daí, ele facilita (ou a empresa sugere a “ajudinha”) o contrato para a empresa que se dispuser a superfaturar a obra. Assim, por exemplo, se o custo total é de 10 mil reais pelo serviço, apenas 4 mil são, de fato, gastos com a reforma. O restante serve para cobrir o pagamento de propinas a políticos corruptos. 

Como as companhias envolvidas em sistemas criminosos estão nos mais variados ramos do mercado, o impacto é altamente perceptível no bolso dos brasileiros.

2- Precarização da educação e saúde

Outra consequência da corrupção é a precarização do sistema de ensino e do SUS. Boa parte dos recursos que deveriam ser destinados às áreas essenciais para o bom funcionamento da sociedade acaba sendo desviada para interesses de políticos corruptos. O resultado disso podemos ver todos os dias no noticiário: filas enormes nos hospitais públicos; precarização das escolas, chegando a faltar merenda para os alunos.

3- Descrença no poder do voto

“Não adianta votar, nenhum candidato presta!” Esse discurso do senso comum é um forte catalisador para que a corrupção se perpetue no Brasil. Por isso, é importante que a população reconheça o valor e o poder do seu voto. Ele garante a manutenção da democracia e é uma forte ferramenta para a transformação do cenário político e social.

Com a corrupção em níveis alarmantes, é importante que a população mantenha a esperança e não adote uma postura passiva em relação à política. Por isso, exercer o dever democrático do voto é uma atitude de enfrentamento contra todos os escândalos que emergem dia após dia.

Em 2018, ano de eleições, precisamos abordar os candidatos e cobrar posicionamento claro sobre medidas de combate à corrupção. É fundamental que nenhum candidato investigado ou com qualquer envolvimento com práticas corruptas seja eleito ou reeleito.

Para ajudar nesse processo, o Mude criou o curso online para ser um facilitador na formação de grupos de discussão e ação junto aos pré-candidatos. Reúna um grupo em sua empresa, universidade, igreja, condomínio ou ONG, assistam os vídeos e usem a proposta de roteiro de discussão para promover as ações. Grupos estão se mobilizando por todo Brasil e você pode organizar um deles.

O #MUDE é um movimento social apartidário que promove o fortalecimento de uma cultura de intolerância à corrupção no Brasil. Acompanhe nosso blog e nossa página no Facebook para conhecer as ações propostas. Cadastre-se em nosso curso online e gratuito e faça a sua parte. A mudança começa em você!

Comentários

Related Posts

Leave a comment